domingo, 2 de janeiro de 2011

Novo vôo

balanço a latinha
não ouço nenhum som
não sinto qualquer peso
está vazia.

akira - 02/01/2011.

Um comentário:

  1. Carlos Alberto-Zelador do Brooklin16 de janeiro de 2011 01:12

    Um poeminha minimalista,pouco mais que um Hai-kai, e como tal, de um profundidade avassaladora para quem esta com sede e se depara com uma latinha de cerveja vazia nas mãos....muito tocante.
    gostei.

    ResponderExcluir