quinta-feira, 27 de abril de 2017

canção de inverno


agora mais que nunca
há que sermos gentis
afetuosos e atentos
um com o outro
agora mais que nunca
há que sermos meigos
tolerantes e sensatos
um com o outro
agora mais que nunca
há que sermos sábios
pacientes e generosos
um com o outro
agora, mais que nunca
que o inverno começou
há que sermos verões
um para o outro

akira - 26/04/2017.


último domingo passarinho


liberado pelo departamento médico
retornei hoje ao time depois
de cinco meses de afastamento
a novidade maior foi o reencontro
com meu compadre valter passarinho
matador contratado a peso de ouro
para resolver de vez o problema
da crônica falta de gols do time
akira - 23/04/2017.



alerta no chiqueiro


não é pela derrota, afinal
perder e ganhar faz parte
nem é pela precoce
eliminação nas semifinais
para a heroica ponte preta
cujo orçamento é titica
comparado ao do verdão
é que já estamos em abril
e apesar dos números
incontestes da campanha
a melhor, enfatiza o técnico
as vitórias do time esse ano
não promoveram alegrias
nem convenceram ninguém
vejo as coletivas do técnico
não consigo sentir confiança
no seu mimimi de números
e vitórias que dissimulam
a perversidade de um futebol
óbvio, previsível e inofensivo
enquanto isso no vestiário
alastra-se o descontentamento
e no chiqueiro começa a piscar
firme e forte o sinal de alerta


eu no peixe barrigudo 3


epitáfio / um bom lugar

eu no peixe barrigudo 2


toque de recolher

eu no peixe barrigudo 1


vinte e oito mil índios

sexta-feira, 7 de abril de 2017

puruba 2017


ainda uma vez
puruba para sempre
uma vez ainda
 morrer na correnteza do rio
atravessando o mar






paraty


para ty
para mi
para we




oliveiras blues - lançamento


comadres e compadres, atenção: as casas
amarela e de farinha orgulhosamente convidam
a todos os amigos e amigas para o lançamento 
do oliveiras blues - livro/cd de akira yamasaki
em parceria com o grupo cabras de baquirivu
data: 19/05/2017 - sexta feira
horário: 20h
local: casa de farinha
rua santa rosa de lima, 1341
vila curuçá - são miguel paulista
(altura do n° 1800 da marechal tito)



54º sarau da casa amarela


jorge e sandra


emocionante reencontro ontem, no lançamento do romance "o rio de todas as nossas dores", de joão caetano do nascimento, com jorge kayano e sandra takahashi, amigos provados na hora repugnante da dor e do medo, aos quais não víamos há mais de 30 anos.
ele continua o mesmo, jovem e belo como sempre, a não ser pelos cabelos que viraram um campo de neve. ela mudou muito e ficou mais jovem e bela do que sempre, deve ter encontrado a fonte da juventude nesse meio tempo.
eu sou o mesmo também, apenas 30 anos mais velho e uns 40 quilos mais obeso.
akira - 03/04/2017.


sábado, 1 de abril de 2017

desobediência


que todas as ruas
de todas as cidades
ardam incendiadas
no fogo da desobediência
que todas as casas
de todas as ruas
de todas as cidades
ardam incendiadas
no fogo da desobediência
que todos os bairros
de todas as cidades
de todos os estados do país
ardam incendiados
no fogo da desobediência
que todos as palavras
de todos os poetas
de todas as cidades do país
ardam incendiadas
no fogo da desobediência
akira - 31/03/2017.

vazamentos


concordo contigo, renan
vazamento seletivo
é uma reles sacanagem
sou totalmente a favor
do vazamento geral e irrestrito
das delações da odebrecht
o país vilipendiado merece
que isso aconteça, renan
o cadáver da democracia merece
akira - 30/03/2017.

carne de sol


passei hoje cedo na minha mãe, veinha de 86 anos:
. mãe, vou no supermercado, você quer alguma coisa?
- não, akira, não precisa de nada não, já tenho tudo que preciso.
. arroz, óleo, feijão, batata, detergente, omo, bife, peixe, não tá precisando de nada?
- não, akira, a geladeira tá cheia, não cabe mais nada.
fui na despensa dela e vi que estava faltando arroz catete (arroz japonês):
. mãe, tá faltando arroz japonês, vou comprar dois momijis, tá bom assim?
- tá bom, akira, pode trazer o momiji, mas traz um só (mó má vontade).
já estava saindo no portão quando lembrei e disse a ela:
. mãe, vou trazer meio quilo de jabá pra você, tudo bem?
- aí sim , heim? mas traz escondido da gogô e da missae (minhas irmãs), porque senão elas não vão me deixar comer. ah, e traz um pedaço que tenha uma capa bem grossa de gordura, vou fritar hoje mesmo.
então ela sorriu aquele mesmo sorriso que sarava qualquer tristeza e dor quando eu tinha dez anos de idade.
então seus olhos brilharam igual duas pérolas negras encontradas por um mergulhador anônimo nas entranhas do mar abismal do japão.
então quer mesmo saber?: comprei um quilo de jabá para ela, mais gordura que carne, que miséria pouca é besteira.

akira - 28/03/2017.

domingo, 19 de março de 2017

último domingo


quatro meses parado
quatro cirurgias por conta
de uma pedra quase infinita 
numa asa do rim direito
ostensiva falta de ritmo
pernas desobedientes
tropeçando a todo instante
na lentidão dos reflexos
os quatro meses de molho
no departamento médico
produziram estragos inegáveis
na performance física e técnica
ainda bem
que o instinto de matador
continua intacto
akira - 19/03/2017.


quinta-feira, 16 de março de 2017

brasilia


capital da propina fácil
da lavagem de grana suja
do caixa dois liberado
das formações de quadrilhas
executiva brasilia corrupta
legislativa brasilia corrupta
judiciária brasilia corrupta
contas em paraisos fiscais
cartas do mesmo naipe
abutres da mesma laia
hienas da mesma estirpe
farinha do mesmo saco

akira - 15/03/2017.

miyuki ?


quando eu morrer, sú
peço que cuide de clarice
e de andré por mim
peço que cuide, sú
de fusako que nunca morrerá
e do jardim de hideko também
peço que diga ao edsinho
que não morri quando clarice nasceu
porque suas lágrimas me impediram
peço que diga à lígia
que eu a amo incondicionalmente
como um irmão mais velho
peço que diga ao seh
e ao alberto lins caldas que eles são
os maiores poetas que conheço
peço que nunca esqueça
que eu só te amei na hora e do jeito
que eu sei amar

akira - 15/03/2017.

6º aniversário do sarau da casa amarela 2


vontade imensa de morar 
para sempre nos instantes 
e nas alegrias desta fotos






um baita sarau


infinita gratidão da casa amarela
a todos que vieram domingo passado
festejar o 6º aniversário do seu sarau
foi um baita sarau
foi uma grandiosa celebração da poesia
da canção, da alegria e da amizade
vejam as fotos a seguir
elas foram registradas pelo olhar especial
do compadre roberto cândido
elas também são assim
uma espécie de celebração
da arte e da emoção
akira - 14/03/2017.

6º aniversário do sarau da casa amarela



sexta-feira, 10 de março de 2017

duplo j


centro cirúrgico bombando
no beneficência portuguesa
enfermarias lotadas até a tampa
pacientes saindo pelo ladrão
congestionamentos de macas
nas portas dos elevadores
enfermeiras alvoroçadas
procedimento bem sucedido
duplo j retirado, o problema
está na hora de mijar:
- a urina é um misto de sangue
coágulos e fogo
akira - 09/03/2017.

dekassegui


yukio dekasseguiu décadas atrás
atrás de conseguir nas entranhas
do milagre econônomico japonês
seu carro próprio
sua casa própria
e abrir seu próprio negócio
para garantir os estudos dos filhos
dekacego, yukio, décadas depois
dekassegui prossegue mas agora
em companhia de seus filhos
que sonham levantar uma grana
para ter seus carros próprios
suas casas próprias
e seus próprios negócios
para garantir os estudos dos filhos
akira - 09/03/2017.

terça-feira, 7 de março de 2017

dedo mole 31


queimaram
o queima rosca
à queima roupa
queima de arquivo
o queima já estava
com o filme queimado
akira - 07/03/2017.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

alta


não foi dessa vez
minha mãe teve alta
e está voltando para casa
depois de alguns dias
puxando pesada internação
aos oitenta e cinco
minha mãe apertou
a tecla do foda-se
e decidiu nunca mais
fingir que não dói
aos oitenta e cinco
ela decidiu simplesmente
que não é mais mãe
nem irmã nem tia nem avó
é filha somente
(breve in oliveiras blues, livro/cd de akira yamasaki em parceria
com os cabras de baquirivu, que vai sair pela scenarium plural)
arte/capa: punky

07 aos 16 e meio


até sábado passado
eu tinha a selma bento baia 
na conta de amiga querida

hoje a tenho
como exemplo reverenciado
e inspiração emocionante

akira - 27/02/2017.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

velho e sozinho


descendo a angélica
sexta gorda de carnaval
meio dia mais ou menos
pisei em falso numa saliência da calçada
levei um baita tombo diante da multidão
que saia dos prédios para almoçar
tornozelo inchado na hora
hematomas nos joelhos e cotovelos
relâmpagos de dor pelo corpo todo
fraturas expostas na dignidade
imensamente velho de repente
imensamente sozinho de repente
chorando como um velho sozinho
desci mancando a angélica imensa
(para a galera do inéditos &
inacabados de 25/02/2017)

akira - 26/02/2017.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

revisão final


eu e comadre lunna guedes
editora da scenarium plural
encontro hoje para realizar uma
última revisão do oliveiras blues
pente fino de cabo a rabo
agora vai

akira - 23/02/2017.

atraso


estou atrasado para uma reunião
com minha comadre lunna guedes
editora da scenarium plural
para acertar a revisão final
do meu livro/cd "oliveiras blues"
já mandei um uátizápi para ela
pedindo desculpas e informando
que o trem da cptm na variante
deu pau entre itaim e manuel feio
estação lotada até a boca
verdadeiro caos no trânsito em frente
demora, buzinaço e lembranças
gentis à mãe do governador à parte
estamos todos muito putos aqui

akira 23/02/2017.

palmeiras 0 x 1 corinthians


futebol medroso
futebol covarde
tinha que perder mesmo
técnico mimimi
futebolzinho mimimi
futebolzinho

akira - 23/02/2017.

sórdido


o mundo é sórdido
a política é sórdida
a religião é sórdida
sórdidos são estes tempo
mas viver não tem que ser
sórdido como a vida

akira - 19/02/2017.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

fora de controle


ando depressivo demais
alterno picos ultimamente
de euforias e abatimentos
contentamentos e fúrias
tenho constantes ataques
de risos, lágrimas e iras
irrita-me qualquer motivo
qualquer coisa gargalho
sinto os rins apodrecidos
os intestinos embrulhados
azeda a saliva que cuspo
crianças me dão nos nervos
minha alegria é incurável
desesperado é meu tédio
meu silêncio não supera
minha risada de escárnio
desculpem se não tenho
mais aparecido nos points
de sempre, nos saraus
no futebol de domingo
estou fora de controle
sordidamente recluso
não sou boa companhia
nem mesmo para mim
akira - 11/02/2017.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

orgulho metroviário


entrei no metrô há mais de trinta anos para cuidar do metroclube, área que presta serviços de esportes, lazer, arte e cultura para os metroviários e seus familiares.
entrei para ficar no máximo por dois anos, tempo mais que suficiente para equilibrar o meu orçamento na época, firmar os dois pés e poder alçar novos voos, mas acabei ficando até hoje quando estive agora à tarde no sindicato dos metroviários para efetuar a minha homologação, última etapa do meu desligamento da companhia.
tô saindo com a cabeça erguida, com a certeza que fiz o melhor que pude nestes anos todos onde realizei centenas de ações e atitudes para promover melhorias nas condições de saúde e bem estar da família metroviária.
hora de dizer até logo às centenas de amigos que fiz aqui neste período e que vou levar no coração para o resto dos meus dias.
hora de dizer muito obrigado à valente categoria metroviária da qual tenho o maior orgulho de pertencer.
hasta la vista, comadres e compadres.
akira - 08/02/2017.

foro


faros privilegiados
feras privilegiadas
foro privilegiado
fora, privilegiados

akira - 10/02/2017.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

insatisfeito


não estou satisfeito comigo
com o que fiz a vida inteira
com o que acabei sendo
não sirvo mais no meu modelo
no meu formato de sujeito simples
simpático e boa praça
não caibo mais no monstruoso
figurino da minha mentira
nos versos da minha poesia superficial
ao por na balança os feitos
e façanhas da minha vida
a emoção não sobreviveu
não me aceito mais
nem tenho nenhum eu substituto
agora tudo é vazio e solidão
akira - 06/02/2017.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

sob suspeita


neste natal o facão da delação
pende perigosamente suspenso
sobre o país que navega à deriva 
sem governo e sem comando
o presidente da república
junto com todos os seus ministros
está sob suspeita
os ministros do supremo
porque se suspeitam entre si
e suspeitas são as suas decisões
estão sob suspeita
todos os governadores dos estados
todos os prefeitos das capitais
estão sob suspeita
os políticos todos sem exceção
os partidos políticos todos
estão sob suspeita de corrupção
utilização de caixa dois
lavagem de dinheiro
e formação de quadrilha
os indícios de evidências
cabem em milhares de páginas
fedem a quilômetros de distância
e todos os deputados federais
todos os senadores da república
são suspeitos até a tampa
eles são dentre os suspeitos
os principais interessados talvez
e tecem na calada da noite
(seu habitat preferido), o cenário
para que tudo acabe em pizza
na calada da noite suja tramam
os facínoras e canalhas no poder
a manutenção dos seus privilégios
e novos assaltos aos direitos
e bolsos de quem trabalha no país
neste natal estejamos atentos
acho que no próximo ano
só nos restará promover desobediências
preparar barricadas nas ruas
e construir uma nova ordem
que a que está aí já não serve mais
akira - 24/12/2016.

pessimismos


pessimismos à parte não espero
nada de bom de dois mil e dezessete
será mais um ano de sofrer preso
com as costas nas cordas 
e guarda ferozmente fechada
tomando paulada de todos os lados
no estômago, baço, fígado e rins
no nariz, boca, queixo e supercílios
só isso e se eu conseguir revidar
com um jab uma vez ou outra
já estará de bom tamanho
dois mil e dezessete será um ano
de combate desigual do tipo
peso pena versus peso pesado
onde espero ter forças para não desistir nunca
e aguentar firme até o fim
sem jogar a toalha no ringue
só isso e se eu não beijar a lona
antes de soar o gongo
e puder encaixar um uppercut no queixo
de dois mil e dezessete só uma vez
já estará de bom tamanho

akira - 31/12/2016.

miyuki (?)


deixe-me dormir
somente mais um pouco
deixe-me terminar o sonho bom
que estou tendo com você
estou sonhando agora, meu amor
que somos jovens como antes
e meu amor é infinito de novo

akira - 22/01/2017.

mau exemplo


sou um péssimo pai
um péssimo exemplo
um destino sem futuro
sou um grito de dor
a lágrima do palhaço
o ator sem picadeiro
sou a noite sem fim
o dia desamanhecido
o filho que não nasceu
sou fusako e tsutae
sueli, clarice e andré
sou casa amarela
sou ligia e éder
luka, escobar e rosinha
edvaldo, edsinho e sacha
sou xaxá e ronaldo ferro
silvio kono, selma e tião baia
o poema abortado sou eu
raberuan e tiziu sou eu
valdir aguiar e os que nunca
serão lembrados sou eu
sou todos que perdi
na noite suja sem adeus
no dia claro sem sonhos
sou só um ninguém
um zé, um mané
um akira qualquer

akira - 22/01/2017.

desligamento


logo na primeira hora
da manhã comercial assinei
meu desligamento da companhia
tudo foi devolvido no ato
crachá funcional
celular corporativo
cartão de estacionamento
materiais empenhados
e mais de trinta anos de lembranças
antes de seguir como um boi
para o ambulatório da empresa
para o exame demissional de praxe
esvaziei gavetas e armários
de objetos e pertences pessoais
em especial de fotos de momentos distintos
colhidas em mais de trinta anos de histórias
quando a noite do esquecimento vier
como sussurros no poço do elevador
minha lembrança sobreviverá?
nos arquivos contaminados
pelos vírus do tédio e da aceitação
sob as cinzas das palavras
minha lembrança ainda sobreviverá?
foram mais de trinta anos aqui
já não faço mais parte
sei que não sou mais parte
agora que parto
akira - 26/01/2017.

uma pedra


no meio do caminho
tinha uma pedra
de 1,7cm x 1,5cm
três meses após o diagnóstico
por tomografia sem contraste do abdome
da causa das fortes dores lombares
(pensei que fosse o ciático de novo)
três procedimentos depois, tantos,
o urologista me explicou pacientemente,
devido dimensão e consistência do objeto
(a saber, nos dias 01 e 29/12/16 e 29/01/17)
de ureterorrenolitrotripsia para fragmentação
e retirada de cálculo do rim direito
três receitas médicas depois
todas cumpridas ao pé da letra
de anti-inflamatórios, antibióticos e analgésicos
(modernas e miraculosas drogas
que eliminam dores, desconfortos e náuseas
os efeitos colaterais saberemos com o tempo)
serei submetido amanhã, finalmente,
a uma última intervenção para retirada
do último cateter duplo jota instalado
depois é vida que segue
como um rio para o mar
akira - 03/02/2017.