sábado, 15 de outubro de 2011

Angel, de Antonio Altvater

corações desertos
almas desoladas
tempos famintos

a pegada blues
de antonio altvater
amigo do zézão
meu amigo também

maiores informações:
http://sessaosonora.blogspot.com/

akira - 15/10/2011.

Angel


Como um velho fantasma
Cortando as lembranças
Vejo um anjo pairando na luz
Me reviro em desejos
Um pobre diabo e sua cruz

Como a velha promessa
De novas mudanças
O destino maldito carrasco
Nomeando culpados,
como eu e você

Angel, prometa cuidar do meu sono
Prometa curar o abandono
Que essa rotina me traz

Angel, prometa curar as feridas
Me explica tuas idas e vindas
Que a fumaça custou apagar

Como um sonho batido
Em poucas memórias
O isqueiro ilumina o teu rosto,
pra que logo
No escuro eu não possa esquecer

Como a vida enlouquece
Pra depois acalmar
E te bate na cara
Sem ter chance de armar
O levante, a revanche, a revolta

Angel, prometa cuidar do meu sono
Prometa curar o abandono
Que essa rotina me traz

Antonio Altvater.

Um comentário:

  1. OI GOSTEI MUITO SO SEU BLOG PARABENS
    QUE TAL GANHAR UM DINHEIRINHO COM ELE?
    ESSE É O MELHOR PROGRAMA DE AFILIADOS DO BRASIL
    CONFIRA http://www.cursos24horas.com.br/parcerias/parceiro.asp?cod=promocao28933&id=29244&url=afiliados
    ABRAÇO
    LUIS
    LCSONLINE O BLOG DO RISO

    ResponderExcluir