terça-feira, 3 de agosto de 2010

Semáforo



no itaim paulista
cai a noite gelada

fecha o farol
no cruzamento da marechal
com o viaduto da china
em frente ao mcdonald’s
e à casas bahia

de sandálias havaiana
uma menina atravessa
a cortina fria da garoa
oferece chicletes
e balas de goma coloridas

do fundo sem fim
dos seus olhos silenciosos
acusa-me uma dor indefesa
e desarmada.

akira.
04/08/2010.

6 comentários:

  1. Carlos Alberto- Zelador do Brooklin4 de agosto de 2010 12:49

    Salve Akira

    Poema sensivel e realista.
    Emocional e questionador ao mesmo tempo.
    Como sempre voce "matou a pau"...parabéns

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Caro Akira,
    Ainda existe muita sensibilidade!

    Obrigado
    Arnaldo

    Você não só foi acusado como acusou a todos com esse poema maravilhoso.

    posso publicar na próxima Gargalhada?

    Abraço,

    Adailton.

    ResponderExcluir
  3. A noite gelada ,não cai só no Itaim Paulista,nós temos McDonald's,Farois,Casas Bahia e havaianas,por toda a cidade.

    ResponderExcluir
  4. Belo poema.
    Podemos usar como epigrafe da proxima gargalhada?
    Será uma honra.
    Abç, Edson.

    ResponderExcluir
  5. Akira

    Esta é nossa realidade!

    Até quando teremos que ver crianças abandonadas!

    Até quando veremos o futuro sem futuro!!!

    Abraços

    Edson Guilherme

    ResponderExcluir